Cronologia

Sem pressa para o passado
Não é óbvio o porquê?
Se alimentei com sonhos
as minhas tragédias
eu digo não
a todo método
e à esperança oportunista também
Viro às costas
ao futuro, seta arremessada
Três vezes solidão
Estou mesmo aqui?
Então, vem o agora
que me abraça
me exige mulher,
boli comigo
nos atracamos
and goes away
Nem sempre é dia de orgasmo...
Mas nunca erra meu nome !

2 comments:

Pagu said...

massa Grazi !!!

E eu me arrepiando e me reconhecendo ...

bom te encontrar ...

Patrícia Rameiro said...

grazi

adorei a coincidencia d nomes

e amo clarice lispector

mas me comparar c ela, eu acho um pouco demais


eu escrevo simples, previsível, quase óbvio ...

E adoro vc


Beijo (p fausto tb)

:p

Copyright © 2009 - o quê, então? - is proudly powered by Blogger
Smashing Magazine - Design Disease - Blog and Web - Dilectio Blogger Template